Warriors com um pé na final e Heat cada vez mais sólido

Warriors com um pé na final e Heat cada vez mais sólido

Mesmo com uma performance incrível de Luka Doncic, anotando 40 pontos e 11 rebotes, os Mavs perderam a terceira seguida contra os Warriors. Enquanto isso, na outra final de conferência, o Miami Heat se consolidou defensivamente e abriu vantagem na série.

Por Luiz Fedumenti,

O Golden State Warriors foi para Dallas neste domingo (22) e bateu os Mavericks por 109 a 100, resultado que deixou a equipe de San Francisco com um pé na final. É claro que nunca devemos duvidar da magia do esporte, mas, até hoje, nenhum time que sofreu 3 a 0 em uma série de playoffs conseguiu reverter a situação. 

Stephen Curry foi o principal cestinha dos Warriors, anotando 31 pontos e 11 assistências. Mas não esteve sozinho: Andrew Wiggins foi responsável por 27 pontos e 11 rebotes, colaborando nos dois lados da quadra. Por outro lado, o imparável Luka Doncic fez incríveis 40 pontos, sendo 20 apenas no último quarto, ajudando a equipe do Texas a se manter competitiva nos minutos finais. 

Foto: nba.com

Assim como em diversos momentos na série contra os Suns, as bolas do perímetro de Dallas não estavam caindo neste terceiro jogo. O plano de ataque do time, que se concentra nas bolas de 3, ficou refém da péssima atuação dos role players – por mais que Jalen Brunson e Spencer Dinwiddie tenham contribuído com 20 e 26 pontos, respectivamente. 

Pelos lados de Golden State, o forte sistema defensivo do time treinado por Steve Kerr foi fundamental para garantir pontos em contra-ataque. Kevon Looney desempenhou um papel crucial defensivamente, assegurando 12 rebotes – ainda contribuiu com 9 pontos no ataque.

Agora, com 3 a 0 na série, basta apenas mais uma vitória para o Golden State Warriors voltar à final após 3 anos.

Já nas finais do leste, o Miami Heat contou com uma atuação impecável de Bam Adebayo para abrir 2 a 1 contra o Boston Celtics. Com Jimmy Butler saindo lesionado no meio do jogo, o pivô assumiu a responsabilidade e anotou 31 pontos e 10 rebotes. Pelo lado dos Celtics, os 40 pontos de Jaylen Brown não foram suficientes para virar o jogo. Jayson Tatum anotou apenas 10 pontos, com um aproveitamento pífio do perímetro. 

Foto: nba.com

O time de Boston foi muito displicente no ataque e cometeu 24 erros ofensivos – que geraram imperdoáveis 33 pontos para a equipe de Miami. Ime Udoka, técnico do Boston Celtics, criticou a postura da equipe na coletiva pós-jogo: “Cavamos um buraco enorme enquanto tentamos forçar jogadas e não entendemos como eles estão nos marcando. O Heat fechou a defesa e nós tentamos passar por ela ao invés de passar a bola e confiar mais uns nos outros”.

A série continua em Boston, agora com vantagem para o Miami Heat. Enquanto uma vitória dos Celtics elevaria a qualidade da série e daria mais gás para a equipe, um triunfo pelo lado de Miami encaminharia uma possível final entre Heat e Warriors.

Posts relacionados
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.