Reportagem multimídia aborda abandono de animais

Reportagem multimídia aborda abandono de animais

Por Jucilene Schneider

Na noite de sexta-feira (5) a aluna Destiny Goulart, da sétima fase de Jornalismo , defendeu o seu projeto experimental. A reportagem multimídia da estudante mostra a realidade dos animais abandonados em Joinville e procura conscientizar a população sobre os riscos a que os cães e gatos são expostos nas ruas da cidade. A  orientadora do trabalho foi a professora Lívia Vieira. 

Durante sua trajetória no curso de Jornalismo, Destiny sempre demonstrou proximidade com o tema, preocupando-se com o bem-estar dos animais. A aluna disse que é comum encontrar animais em situações de risco em Joinville. “Não é necessário andar muito pela cidade para encontrar cães abandonados e famintos revirando o lixo em busca de comida”, afirmou. Essa foi uma das principais razões que a fizeram escolher a pauta.

A reportagem também mostra a dificuldade que as ONGs têm para acolher e proporcionar o cuidado necessário aos bichinhos, como remédios e alimentos. O Abrigo Animal é um dos principais pontos de proteção na cidade, mas  atualmente  passa por muitas dificuldades financeiras, pois a verba da prefeitura não é suficiente para custear as despesas. “Sem a ajuda da comunidade, o projeto não sobreviveria. Protetores independentes também são essenciais para o resgate de animais de rua”,  explicou Destiny.

A reportagem é dividida em seis partes. As leis de proteção aos animais também são tema da matéria.

A professora Marília Crispi de Moraes, uma das avaliadoras,  destacou a importância do tema e sua discussão. “O ser humano costuma se colocar como superior, como se o animal existisse apenas para servi-lo”, comentou. A professora questionou qual foi o tempo empregado por Destiny  em cada etapa do trabalho e apontou alguns ajustes necessários no texto. A professora Solange Engelmenn afirmou que a paixão da estudante pelo tema ficou clara na  escrita e disse que o trabalho cumpriu bem os objetivos a que se propôs. Solange também sugeriu algumas melhorias e, ao final da avaliação, Destiny foi aprovada com a nota oito.

 

Posts relacionados
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *