Em casa, alunos da Faculdade Ielusc têm aulas pela internet

Em casa, alunos da Faculdade Ielusc têm aulas pela internet

Todos os cursos da Faculdade Ielusc realizam, desde quinta-feira (19), aulas por meio de videoconferências, atividades no Google Classroom e outros dispositivos da internet. Por conta da pandemia do Coronavírus, os professores tiveram dois dias (terça e quarta-feira) para readequarem seus planos de ensino e metodologias, a fim de que os estudantes não sofram perdas nem descontinuidade do conteúdo.

Mesmo a distância, os professores e coordenadores trocaram informações e experiências pelos grupos de whatsapp. “Podemos dizer que as aulas são presenciais com uso de meios remotos, pois os alunos estão ali, participando efetivamente da aula em tempo real, assim como o professor”, comentou a professora Mariana Datria Schulze.

Atividades interdisciplinares sobre as consequências da pandemia também estão programadas para os próximos dias. Nas redes, postagens e relatos das aulas são publicados.

Aulas de Sistemas para Internet e Publicidade e Propaganda em tempo real

A professora Maria Elisa Máximo, doutora em Antropologia, dá aulas para vários cursos. Entre as metodologias adotadas para esse período, ela lançou o canal Quarentena Pedagógica, no Youtube. No primeiro episódio, Elisa falou sobre o livro No Tempo das Catástrofes, de Isabelle Stengers, para provocar reflexões sobre o momento atual.

“Não estamos usando o termo ensino a distância, porque as aulas presenciais são um valor para a Faculdade Ielusc, ainda que a gente utilize sempre a tecnologia, nós prezamos muito o encontro presencial”, afirma.

Veja o vídeo de abertura da Quarentena Pedagógica aqui.

A professora Marília Crispi de Moraes, escreveu um relato sobre o encontro virtual com os alunos da 1ª fase de Publicidade e Propaganda:

Ainda faltam 15 minutos para o início da aula, mas os alunos já começam a chegar. Cumprimentam-se, fazem brincadeiras uns com os outros, querem saber quem já fez o trabalho solicitado por um professor… Parece um dia letivo qualquer, mas o som da conversa animada vem do meu quarto, onde o computador está pronto para uma videoconferência.

Logo os assuntos triviais cedem lugar às tensões de cada um. Vêm o medo de perder o emprego, a incerteza de ter dinheiro para os compromissos dos próximos meses, o relato de uma tosse junto com a dúvida de ir ou não ao posto de saúde, a preocupação com os avós. Vem a solidariedade das palavras de conforto. É minha primeira noite de aula remota com os calouros de Publicidade e Propaganda da Faculdade Ielusc. Eles estão em suas casas; eu, na minha. Separados pelo Coronavírus, unidos pela esperança em dias melhores.

Quando ligo a câmera, o microfone e conto que estava ouvindo a conversa, eles retomam o tom bem-humorado. Começamos a aula. A participação vai fluindo pelo chat ou por voz. Trazem exemplos, silenciam no momento da explicação, todos parecem imbuídos do mesmo esforço: impedir que a pandemia do Covid-19 retire de nós a força de vontade, a capacidade de resistir, a oportunidade de aprender.

Ainda não sabemos ao certo quantas e quais serão as lições que aprenderemos com a pandemia, mas, quando tudo isso passar, só queremos estar juntos.

 

 

Posts relacionados
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *