Caso Maníaco da Bicicleta é tema de documentário

Caso Maníaco da Bicicleta é tema de documentário

Por Roger Caetano

No dia 5 de novembro de 2000, a vida do jardineiro Aluísio Plocharski foi alterada drasticamente quando um “retrato falado”, feito a partir de uma fotografia sua, foi veiculado nos jornais da cidade. A representação  vinculava erroneamente a imagem do jardineiro com um estuprador em série que assombrava a cidade e, na época, ficou conhecido  como “maníaco da bicicleta”. O documentário “O Retrato”, projeto experimental do estudante Leonardo Augusto Koch, apresentado na quarta-feira, às 19 horas, expõe os erros cometidos pela imprensa e pela polícia local durante o caso, revela a perspectiva familiar do acusado e retrata quem Aluísio realmente era. 

Com orientação da professora Beatriz  Cavenaghi, o documentário foi produzido entre março e junho, mas, segundo o acadêmico, a pré-produção começou no ano passado. O objetivo do projeto é  trazer informações não divulgadas na mídia tradicional, por meio de divulgação na internet.

O jornalista convidado, Marcos Pereira, destacou a importância do tema escolhido. Para ele, é imprescindível discutir o papel da imprensa em situações que envolvem o interesse público. Pereira elogiou a proposta do acadêmico em pautar a morte de Aluísio, fato que alguns veículos não noticiaram.

O professor Sandro Galarça também integrou a banca avaliadora. Ele ressaltou a iniciativa do acadêmico. “É um bom trabalho, muito bem feito, e a sua edição fez a diferença”, defendeu. Os avaliadores sugeriram algumas melhorias como como ajuste no formato e inserção de mais fontes, caso o estudante queira inscrever o documentário em concursos. Leonardo foi aprovado com nota 8,5.

Assista “O Retrato” aqui. 

 

Posts relacionados
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *